Categorias

3 de jul de 2017

Eu não sei como eu fazia para sobreviver...


Veja só
Nós nos conhecemos
Sem nem nos conhecer
E já nos agarramos
Que carência
Não sabia meus segredos
Eu não sabia de seus vícios
Idealizou alguém que eu não seria
Foi aí que errou!

Você entrou na minha vida
Que estava sem controle
Sério, não suspeitava
Que eu fosse louca?
Estou suja do que a água nunca lavou
Tentando recuperar a sanidade
Que você levou
Com tudo que roubou
Nós vamos

Nós nos conhecemos
E nos apaixonamos
Mas era incrível
Eu sempre me sentia só
Quando eu chorava você desligava
Eu ficava na fila da espera
Entre as amantes e a cocaína
Quanto desdém!
Não tínhamos diálogo
Eu parecia a sua mãe
Eu queria ser como antes
A Alegria
Que você levou
Com tudo que roubou
Nós vamos abaixo

Vamos abaixo
Vamos abaixo
Vamos abaixo
Somos um monte de bosta

Eu tentei
Eu tentei

Nós dançamos sozinhos à canção da morte
Amaremos de novo, riremos de novo
E é melhor desse jeito

Nunca mais, nunca mais
Quero perder a cabeça
E brigar com um homem

Nunca mais, nunca mais
Quero desejar te matar
Me sentir uma prostituta

Bem, eu tentei
Todas as noites
Todas as noites
Bem, eu estou rindo, chorando, rindo alto
Porque eu tentei, mas eu menti

Eu tentei
Eu tentei
Eu tentei
Eu

Amaremos de novo, nós riremos de novo,
Choraremos de novo e dançaremos de novo
E é melhor desse jeito
Tão melhor desse jeito
Não consigo limpar o sangue dos meus lençóis

Nunca mais, nunca mais
Não merecemos mais sofrer
Chega

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário