8 de abr de 2015

Malditas Verdades Virtuais

       As pessoas tem certeza de que sabem de tudo sobre nossas vidas. O facebook é um espelho, se você não gritar para o mundo o que está sentindo, é porque não sente.

       A internet acabou com a privacidade, destruiu a EMPATIA. Sou de um tempo passado, não consigo viver nesse presente. Eu quero PESSOAS PROFUNDAS, SENTIMENTOS OCULTOS, SONHOS PARTICULARES.

       Quero que as palavras tenham valor, que os amigos sejam poucos. Que o sofrimento seja meu.

       O que fizeram com os segredos?


       E eu, eu que não sou assim... Aturo os dedos apontando na minha cara que eu vivo em um paraíso, que não resolvo minhas pendencias por simples capricho meu. Que não me importo, que não me responsabilizo, que não cumpro com as minhas palavras.

       Meu blog é a prova de que sequer palavras eu tenho ultimamente. Só eu, ninguém mais, sabe o que estou passando. E vai permanecer assim, simplesmente porque eu sou obrigada a me calar e as pessoas só se importam com o que é postado no facebook.

Um comentário:

  1. Amei o texto. As vezes sinto vontade de me desligar um pouco desse mundo virtual... mas a vontade passa, rs.

    ResponderExcluir